Se rio de mim, me levem a sério.
( PAULO LEMINSKI)

sábado, outubro 10, 2009

Deixa eu brincar de ser feliz...

De: Chuveiro público.

Quando se tem 5 anos não é preciso ir muito longe para encontrar o centro do universo, eles estão sempre lá, papai e mamãe. Não existe dúvida que eles não saibam responder, não existe doce mais doce que beijo de mãe, e não existe machucado que colo de pai não cure. Aos 5 anos a vida é muito fácil, com os joelhos esfolados, a boca toda suja de sorvete, e todas as certezas que você jamais terá de novo. Crescer é um lento processo de acúmulo de dúvidas, quanto mais velho se é, mais dúvidas se carrega. Infelizmente seus pais não sabem mais responder, você deixa de ser fantoche controlado por mãos cuidadosas e passa a ser palhaço do seu próprio circo. Meu pai me disse uma vez que doia ser platéia, assistir meus tombos e torcer em silêncio para que eu me levantasse, não importa o quão alta tivesse sido a queda. Vai ver que é assim a vida, os pais ficam pra trás enquanto as crianças crescem e vão embora, dando continuidade ao espetáculo da vida, esperando que ao se fecharem as cortinas você tenha feito seus dois maiores fãs e heróis se orgulharem e aplaudirem de pé.