Se rio de mim, me levem a sério.
( PAULO LEMINSKI)

sexta-feira, outubro 02, 2009

Coragem

Escrevo pra ocupar meu vazio,
meu vazio é cheio demais
cheio de cobrança,
de insegurança
e de apego.
Meu vazio sussurra,
meu vazio grita
e beija.
Tento o preencher de cor,
de sorriso, de ardor,
fé e talvez coragem.
Carinho nos faz mal acostumados,
preguiça nos faz acomodados,
a dor nos faz mais fortes
e vazio: gelados
O espaço agora é infinito
e a dor sabe caminhar.
Teu braço branco como maçã
e eu continuo
. . . . . . deitada
(sonhando)

XOXO
S.